Amor sem ver a quem!!!

“(...) “Ame o Senhor seu Deus com toda a paixão, toda a fé etoda a inteligência”. Esse é o mais importante, o primeiro de qualquer lita. Mas há um segundo, ligado a esse: “Ame o proximo como a você mesmo”. Esse dois mandamentos são como elos de uma corrente: tudo que na Lei de Deus e nos profetas deriva deles”. (Mateus 22.37-40)
Pensando no filme “Corrente do Bem”, cheguei a conclusão que a vida não é só desejar um feliz ano novo, ou feliz natal, mas FAZER ele ser um melhor ano, e fazer, é ir de encontro ao próximo, e isso é difícil sim, mas ninguém e melhor do que ninguém, todos somos merecedores da Graça abundante de um Deus vivo.
Pensando em tudo isso vou contar a historia de uma mulher que mexeu comigo em minha meditação.
Na Holanda havia uma mulher chamada Corie ten Boom, ela era relojoeira, aprendeu este oficio com o pai, tornando-se a primeira do país. Mas o mais importante desta história, que ela era uma pessoa que possuía uma intimidade com Deus.
Com a ocupação do nazismo na Segunda Guerra Mundial, sua família passou a orar muito pelos judeus e com o tempo, da oração virou ação. Criaram um compartimento secreto em sua casa, onde escondiam os refugiados. De 1942 – 1944, evitaram a prisão de pelo menos 800 judeus e grande numero de colaboradores da resistência. Mas em 44 foram denunciados e presos. Seu pai morreu, Corrie e sua irmã passaram por todo tipo de atrocidade, mesmo assim faziam grupo de estudo bíblico, e oração. Neste mesmo ano sua irmã morreu. Corrie foi solta no Natal e descobriu que sua soltura foi um erro burocrático.
Passados alguns anos, Corrie falava em uma igreja, um homem ex guarda nazista, veio até ela e disse: “Não é maravilhoso saber que Jesus lavou meus pecados?”. Imagina o que deve ter passado em sua cabeça, (eu imagino a raiva, vontade de socar, sei la...). Mas ela orou e pediu pra que Deus a ensinasse a perdoar e amar TODAS as pessoas. Então estendeu a mão e cumprimentou o homem.
Corrie fez uma autobiografia intitulada “O Refugio Secreto”, que virou filme também.
O real motivo que esta historia mexeu comigo é que ela amou independente de qualquer coisa, jeitos, trejeitos, culturas, ou raças. O Amor, ele nos deixa desconfortáveis o suficiente pra nos despertar da comodidade, e assim agirmos indo ao encontro de PESSOAS!!!!
O individualismo tem roubado o prazer de estar com pessoas. Se você quer viver dias de avivamento espiritual, separe tempo para estar com pessoas, e as contagie com o verdadeiro AMOR!!!
Não espere o AMANHÃ ou mais uma virada de ano pra fazer diferença, comece hojeeeeeeeee!!!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BORBOLETAS VIVEM APENAS 24 HORAS: VERDADE OU MITO?

Seja Sua Melhor Versão Diariamente

Se Achega Pertim de Mim