O Pequeno Príncipe - Capítulo 1 - "O Chapéu e a Jiboia"

Eu sempre fui encantada pelo livro “O Pequeno Principe” de Antoine de Saint-Exupery, e esta semana fiz a proposta de ler junto com uma amiga...vamos ver se conseguimos ler o livro todo ....kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Booom vamos começar pelo primeiro capitulo onde começa com uma criança e sua grande curiosidade sobre o mundo...que na minha opinião num poderia se perder assim que vai crescendo e autor tb concorda com isso: “(…) Todas as pessoas grandes foram um dia crianças – mas poucas se lembram disso.” – Antoine de Saint-Exupéry. E a bíblia tb concorda ao dizer que precisamos ser como crianças para herdarmos o reino dos céus! (Mateus 18. 1-5). Mas pq quando crescemos deixamos muitas coisas interferirem em nossa essência?!?
Voltando ao primeiro capítulo, uma criança de 6 anos fez um desenho com uma jiboia engolindo um elefante e quando mostrava ao adultos, os mesmos diziam que parecia um chapéu, o menino ainda em sua criatividade tentou exemplificar desenhando a jiboia por dentro, mas tb num obteve sucesso, pois os adultos estavam preocupados com outros assunto...perdidos em seu próprio mundo.
O pequeno menino cresceu e ainda acreditava no potencial de seu desenho de ver além... procurava conhecer pessoas inteligentes, que pudessem compreender seu desenho. No entanto, os homens que ele encontrava pelo caminho estavam mais interessados em conversar sobre gravatas, golfe, politica... o menino crescido então se colocava no “nível” das pessoas que conheciam ... é como conhecer um novo mundo, uma nova perspectiva de vida e as pessoas estão tão cegas e surdos, que vc precisa fazer “razoável” como elas. (1 Coríntios 9.19-23)
A vida tem muitoooooo mais do que podemos ver, viver, ouvir...se permita abrir os olhos para além...relembre da criança que vc foi um dia...este é o meu desafio pra esta viagem que vamos começar!?!Topa?!?



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BORBOLETAS VIVEM APENAS 24 HORAS: VERDADE OU MITO?

Fazer o Bem sem Ver a Quem

Projeto Decoreba - Hebreus 13.8